“Lide com isso” – 2018, Zuckerberg

[JÁ RITMO DE COPA, TIO ZUCK DÁ OLÉ NO PARLAMENTO EUROPEU]

Ontem o dono do Facebook prestou depoimento para o parlamento da União Europeia sobre o recente escândalo envolvendo dados de milhões de usuários da rede e a consultoria Cambridge Analytica.

Há 2 meses, um ex-funcionário da Cambridge Analytica, Cristopher Wylie, expôs ao mundo o que pode ter sido o maior esquema de abuso de dados pessoais para manipulação eleitoral, envolvendo a criação de milhões de perfis psicológicos de eleitores americanos e ingleses com dados do próprio Facebook. Esse esquema para campanha política direcionada teria sido utilizado no referendo popular que definiu a Brexit – separação da Inglaterra com a União Européia, e na campanha que elegeu Trump presidente dos Estados Unidos. O caso é considerado o maior do século em desproteção de dados pessoais e o depoimento de ontem faz parte da série de investigações coordenada por Estados europeus.

As perguntas que Zuckerberg ouviu foram consideradas mais duras e técnicas do que no depoimento ao Senado americano. Entretanto, o formato proposto pelo presidente da casa – 1 hora de sabatina, com perguntas antes e resposta depois, favoreceu um olé de Zuckerberg nos parlamentares europeus, e o CEO respondeu apenas o que quis. As perguntas levaram cerca de 50 minutos. Zuckerberg respondeu em 30 minutos e saiu, com pressa.

Dentre os tópicos mais duros, Zuckerberg foi perguntado sobre se teria chegado a hora do monopólio da plataforma ser enfrentado, sobre um suposto viés de anti-direita do algoritmo (detalhe: pergunta feita por Nick Farage, principal promotor do Brexit que também contratou a Cambridge Analytica) e sobre se gostaria de ser lembrado como alguém que trouxe riqueza para sociedade ou como um destruidor de democracias.

Respondeu que o monopólio não existe, uma vez que a plataforma ocupa apenas 6% da verba publicitária global e que não há viés político na distribuição de conteúdos da plataforma. Para o restante das perguntas, se comprometeu a responder por escrito.

Estaremos atentxs as novas respostas e divulgaremos por aqui assim que estiverem disponíveis.

O depoimento no Parlamento Europeu (em inglês): https://m.youtube.com/watch?v=bVoE_rb5g5k#

Reportagem “Cambridge Analytica muda de pele, mas continua manipulando”: link

Print Friendly, PDF & Email

Newsletter

Digite seu email e inscreva-se em nossa newsletter