Das contradições “da vida”

A mesma empresa que teve a melhor pontuação na pesquisa mais recente sobre comprometimento público de provedoras de conexão para com a #privacidade de seus clientes, está sendo investigada por repassar – sem consentimento – dados pessoais e comportamentais de seus clientes para o mercado de publicidade direcionada, prática vedada pelo #MarcoCivildaInternet.

De quê adianta investir em boas práticas na fachada, se silenciosamente a provedora ignora os direitos de seus usuários e age como uma empresa de análise de dados para propaganda e marketing?

Este caso é para ser acompanhado de perto e reforça a urgência em termos uma lei geral de proteção de dados pessoais séria no Brasil.

Saiba mais:

O Globo – Vivo é investigada por uso indevido de dados de 73 milhões de usuários: link

Conheça e mobilize-se com a campanha #SeusDadosSãoVocê, da Coalizão Direitos na Rede: https://direitosnarede.org.br/seus-dados-sao-vc/

Print Friendly, PDF & Email

Newsletter

Digite seu email e inscreva-se em nossa newsletter