Nota Pública: Exército monitorando a Internet nas eleições é um risco à liberdade

Em que pese as notícias falsas serem um fenômeno nocivo para a democracia e para o direito de acesso à informação,e que precisa ser combatido, inclusive no contexto de possíveis influências em processos eleitorais, atribuir ao Exército e às forças de segurança a tarefa de monitorar conteúdos na Internet é uma medida inadequada e que traz sérios riscos à liberdade da expressão dos usuários“.

Leia na íntegra: https://direitosnarede.org.br/c/nota-publica-sobre-risco-a…/

CoalizãoDireitosNaRede #InternetSobAtaque #fakenews #tse #eleições2018

Print Friendly, PDF & Email

Newsletter

Digite seu email e inscreva-se em nossa newsletter