Informação, desinformação e a Internet sob ataque.

Oligopólios midiáticos sempre conduziram as narrativas de acordo com seus interesses. A diversidade de opiniões e a velocidade do contradiscurso que a internet nos proporcionou há muito tem incomodado poderosos. O combate ao que tem sido chamado de “fake news” está relacionado à isto.

Na semana passada, organizações da América Latina e Caribe defensoras da liberdade de expressão e de uma governança democrática da Internet, incluindo diversas integrantes da Coalizão Direitos na Rede, se manifestaram sobre os rumos que a questão tem tomado na região. Durante o Fórum da Governança da Internet, em Genebra, lançaram uma carta pública sobre o tema:

https://direitosnarede.org.br/p/carta-aberta-americalatinaecaribe-igf2017/

O documento lembra que estamos lidando com o problema de sempre: informação e desinformação. É claro que, no contexto das eleições, especialmente com a diversidade de “bots” usados para divulgar ou inflar informações falsas, devemos redobrar nossa atenção. Mas enquanto TSE, Exército, Congresso, gigantes da web e imprensa estiverem mobilizados para combater “fake news” sem que SEQUER saibamos como, devemos nos manter em alerta.
Eis mais um desafio para 2018: defender e ampliar nosssos #DireitosNaRede!

Defenda sua #LiberdadeDeExpressão

Print Friendly, PDF & Email

Newsletter

Digite seu email e inscreva-se em nossa newsletter